quinta-feira, 17 de março de 2016

Criador e criatura - Luigi Ricciardi

Resenha por: Vitória Bueno
Nota: 10/10
Livro: Criador e criatura
Autor: Luigi Ricciardi
Número de páginas: 132
Editora: Kazuá


Sinopse: Criador e criatura remete a um espelho, ao momento em que sujeito que cria e sujeito criado inevitavelmente se olham. As criaturas de Ricciardi são iconoclastas: não se contentam apenas em adorar seus criadores; ao contrário, apontam-lhe o dedo. expõem os momentos de preguiça e descuido de seus demiurgos. Os criadores, por sua vez, descobrem que também foram criados, que também são imperfeitas semelhanças de outros sujeitos - ocultos, indeterminados ( e, em alguns casos inexistentes). A brincadeira brinda o leitor com a sugestão de uma vertiginosa cadeia de criadores olhando não para os céus, mas para dentro de si, indagando-se o que há por trás das teclas do Word do sujeito que os escreve. É um exercício admirável e primoroso de meta-literatura - e, claro, de literatura, com L maiúsculo, capaz de contornar Maringá com metafísicas, com metalinguagem. Com vida.

Resenha: Luigi criou um mundo fantástico ao meu ver. Fantástico, irreal e real ao mesmo tempo, um mundo que existe dentro da cabeça de cada pessoa.
Ele mostra uma perspectiva diferente da criação do mundo, onde o criador é também uma criação em algum momento, tornando as estórias contadas um mar de teias.
No decorrer dessa "vida" criada pelo autor, a criatura percebe seu papel no mundo, descobre que é uma criação mas que também pode ser um criador.
Esse livro é genial. Eu simplesmente não conseguia parar de ler. 
A cada nova estória, uma nova descoberta, uma nova criação.
Para falar a verdade eu não conseguia para de pensar no autor, que eu sempre via como o próprio personagem de seus contos, ou no caso, o criador.
E as estórias são bem intrigantes, cada uma tem um "quê" a mais, que faz com que o livro fique completo.
Acho que vai ser difícil superar esse livro. Então parabéns Luigi. Você é um gênio.
Obs: Quando contei a minha mãe sobre o conto " O comedor de barrigas " ela quase me bateu. Disse que provavelmente não iria dormir a noite. ;-)