segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Gaian, o reinício - Cláudio Almeida

Resenha por: Vitória Bueno
Nota: 9,0 - 10,0
Livro: Gaian - O reinício
Autor: Cláudio Almeida
Número de páginas: 335
Editora: Novo Século



Sinopse: Gaian, o reinício é uma fantasia épica e narrará os últimos acontecimentos da Sétima Era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra, a queda do grandioso Reino do Norte e o reaparecimento dos guerreiros sagrados - um grupo destinado a combater o mal que trará, a cada povo de Gaian, desespero, dor, pavor e morte, e deseja acima de tudo a destruição. Quais escolhas devem ser feitas? O que importará mais? A força ou a sabedoria? Quais serão os caminhos sagrados diante dos desafios? Haverá ainda espaço nas almas para a esperança?

Seja bem vindo a Gaian. Um livro sobre perda, poder, pureza, vingança, aprendizado, medo e sobretudo crescimento. Um livro onde o passado, o presente e o futuro se encontrarão para formar o destino.

Resenha: Em uma cidade pequena e próspera, reina a paz. O ano promete muito, a colheita será boa. Todos estão empolgados.
Os moradores de Arinon nem sequer se lembram de quando houve a última guerra.
Porém quando líder da cidade, Ehlen começa a ter sonhos que podem ser proféticos, os membros do conselho da cidade são invocados para uma reunião, com o propósito de tomar importantes decisões.

O livro já começa cheio de ação. Uma luta definitiva está sendo travada na cidade de Eldor, no norte de Gaian e o leitor já fica ávido por respostas.
Mas há uma ruptura nos acontecimentos. Em um instante estamos torcendo para que os "Mocinhos" vencessem a guerra, e em outro, conhecemos os moradores de Arinon. Esta parte, na minha opinião, foi a melhor. Achei muito divertido conhecer os personagens da cidade e ler o desenrolar da trama.
Por um tempo, pensei que eles seriam o centro da estória, até conhecer melhor Arffek.
Arffek é um guerreiro sagrado muito poderoso. Seu objetivo é lutar contra os que desencadearam a guerra. Não se sabe muito bem o que esse personagem é, e muito menos como ficou tão poderoso. Só se sabe que ele é, principalmente, movido à vingança.
Diversos outros personagens aparecem no decorrer da estória, alguns tem um papel fundamental, mas não quero dar spoilers, rsrs.

Fiquei impressionada com o modo com que o autor narra os fatos, sem deixá-los tediosos. As cenas de luta são de tirar o fôlego! O autor realmente sabe narrar lutas grandiosas, rsrs. A estória flui muito bem. Só o que tenho a reclamar são os enormes capítulos. São 9 capítulos, um prólogo, um epílogo e um apêndice, divididos em 335 páginas. Mas no geral, não tive problemas para ler o livro, ele segue um fluxo muito bom.
Talvez devesse ter um aprofundamento maior em alguns momentos, para que o leitor pudesse conhecer melhor os personagens antes da guerra. No caso dos vilões, entender o que os levou a começar essa guerra. Mas o livro termina com uma promessa para um próximo livro, então acho que podemos esperar respostas em um futuro, que espero, próximo.

Se você gosta de magia, guerras épicas, lobisomens, elfos e diversas outras aventuras e criaturas sobrenaturais, então você vai amar esse livro.