segunda-feira, 20 de março de 2017

Christine - Magela Máximo

Resenha por: Vitória Bueno
Nota: 7,5 - 10,0
Livro: Christine
Autor: Magela Máximo
Número de páginas: 204
Editora: Publicação independente




Sinopse: - Por que não declara seu amor por ela? - Pergunta Isabella a Felipe, que não tinha coragem de falar de seus sentimentos para Christine.
Com o passar dos anos, muitas mudanças ocorreram na vida desses jovens, que tomam caminhos completamente diferentes do que planejavam quando crianças, mas possuem laços que durariam pelo resto de suas vidas.
A obra retrata a história desses amigos, com defeitos e qualidades, que lutam para alcançar seus objetivos e cicatrizar as feridas do passado.


Resenha: Ganhei esse livro em um sorteio há um tempão já mas não tava com muita vontade de lê-lo. Acho que ele não me atraiu a princípio e só o li porque estou pobre e sem livros pra ler kkkk ;-(

Então lá estava eu lendo "Christine"...

A história começa cheia de suspense envolvendo um suposto crime e eu pensei "poxa! como não li esse livro antes?". Mas o livro vai esfriando no decorrer da trama e eu fui perdendo o interesse até que houve momentos em que eu tive que me esforçar bastante para terminar os capítulos, torcendo para a história melhorar.

Christine, Felipe e Isabella são amigos de infância que seguiram caminhos bem diferentes. Felipe mudou-se para o Rio Grande do Sul, Isabella se tornou uma grande advogada e Christine seguiu o caminho da engenharia química. As duas amigas mantiveram contato, mas Felipe raramente aparecia para visitas.

A protagonista então se casa e tem uma filha. E é ai que confusão começa: quando o marido de Chris morre de repente e ela é acusada de seu assassinato.
A partir desse momento conhecemos o passado de Christine, o que a levou a se casar com Ruffes. Conhecemos também diversos personagens secundários que tudo tem haver com a trama. Começamos então a duvidar da decência da personagem principal.

A história parece ótima não é? Mas é toda confusa, nada convincente e sem aprofundamento. Achei parecido com os romances do Sidney Sheldon só que mal escrito. Não quero criticar o autor, acho que nunca fiz isso aqui no blog e não vou começar agora mas a ideia era maravilhosa ele só não soube montá-la.
Além disso há muitíssimos erros de diagramação, o que me deixou bem frustrada diversas vezes.

E o romance? O casal principal tinha tudo para dar certo e quem leu a sinopse espera que o amor deles tenha um grande espaço no livro, mas ele não é nada aprofundado e é bem superficial.

Enfim, eu adorei a ideia do livro. A tensão que promete, os personagens, o romance. Tinha tudo para ser um ótimo livro se houvesse mais aprofundamento. Mas não o menosprezo não. Houve momentos em que me diverti de verdade lendo "Christine".